ZERO HORA: Após tiroteio em supermercado, assaltantes são perseguidos e presos na zona sul da Capital

130
Gol roubado usado na fuga colidiu em uma árvore na Estrada Costa Gama, quando suspeitos foram presos
Foto: Reprodução / Facebook POA24hs / Facebook POA24hs

Trio tentou sair com carrinho de compras cheio de leite em pó para bebês quando foi surpreendido por PM aposentado, mas conseguiu fugir

Por: Vanessa Kannenberg

Uma tentativa de assalto ao supermercado Nacional da Avenida Wenceslau Escobar terminou cerca de 10 quilômetros depois, na Estrada Costa Gama, ambos na zona sul de Porto Alegre, após uma série de tiroteios, na tarde deste sábado. Dois suspeitos foram presos e outro fugiu a pé.

Segundo a Polícia Civil, por volta das 16h30min, três homens encheram um carrinho de compras com leite em pó especial para crianças (uma quantidade estimada em R$ 2,5 mil) e saíram sem pagar, por um caixa fechado. No estacionamento, depois de ouvir gritos de “pega ladrão”, um policial militar aposentado tentou impedir a fuga.

— Os bandidos não deram ouvidos, mostraram o armamento e trocaram tiros com o PM, que revidou. Um deles fugiu a pé enquanto outros dois fugiram em um Gol roubado — contou o delegado Francisco Antoniuk.

O carro, que havia sido levado da cidade de Morro da Fumaça, em Santa Catarina, no dia anterior, acabou deparando com uma viatura da Brigada Militar durante a fuga. Após trocas de tiros pelo caminho, a dupla acabou colidindo em uma árvore na Estrada Costa Gama.

O motorista, identificado como Raphael Gusmão, 24 anos, ferido com tiro, foi encaminhado sob custódio ao Hospital de Pronto Socorro (HPS). Já o passageiro, Jackon Machado, de 18 anos, foi detido e encaminhado à delegacia. No depoimento, ele disse apenas que é catarinense, mas se utilizou do direito de só falar em juízo e não deu detalhes da ocorrência. Com eles, a BM apreendeu uma pistola calibre 380 e uma arma falsa (simulacro). O terceiro suspeito segue desaparecido.