PEDIDO DE CADEIRANTE É ATENDIDO POR SALVA VIDA EM ARROIO DO SAL

257

Após a repercussão das esculturas de areia, que chamam a atenção dos banhistas em Arroio do Sal, um pedido de um cadeirante chegou até o Comando Regional de Policiamento Ostensivo da Serra – CRPO/Serra.

Rivelino Justo, 38 anos, que ficou paraplégico após ter sofrido um acidente de moto falou que gostaria de aproveitar a habilidade dos profissionais e mostrar a importância da acessibilidade aos deficientes físicos, para que sejam lembrados como um cidadão como qualquer outro na sociedade.

O pedido foi atendido, pelos policiais Flavio Dias e Von Borowsky da guarita 38 que se inspiraram, inclusive chegando antes do horário de serviço, na manhã de hoje para prestar a homenagem e compactuar com a ideia de praia acessível para todos.

Apesar de Rivelino (foto com a esposa) não estar no estado para fotografar com a escultura, ele acabou sendo representado pelo cadeirante Vladimir da Silva que passava pelo local e se emocionou ao ver a obra.

Redação: Jackson Cardoso – CRPO/Serra