Policial militar é encontrado morto em Viamão

179

Policial militar da reserva é encontrado morto em Viamão

Inquérito de homicídio foi instaurado para investigar a morte

Um policial militar da reserva foi encontrado morto em casa em Viamão, na Região Metropolitana, na madrugada de quinta-feira (4). Conforme a Polícia Civil, o sargento Luiz Alberto Fialho Koboldt, 57 anos, foi localizado em uma cama com marcas de sangue no nariz. Vizinhos relataram que viram um grupo de quatro a cinco homens invadirem a residência minutos antes.

A delegada Larissa Fajardo, da Delegacia de Homicídios, instaurou um inquérito para apurar o caso. Inicialmente, os indícios levam para um latrocínio – roubo seguido de morte. Uma bolsa com dinheiro da vítima não foi encontrada. Os primeiros suspeitos podem ser pessoas da relação do PM.

“Ele estava com dinheiro guardado em casa para comprar um terreno na cidade. Ele teria falado com vizinhos e familiares, que podem estar interessados neste dinheiro”, relata a delegada.

Fajardo, no entanto, aguarda um laudo do Instituto Geral de Perícias para confirmar se é um assassinato. Segundo ela, não havia no corpo marcas aparentes de violência. Isso pode indicar uma morte natural, ou que ele foi envenenado.

O marco de uma das portas da casa, que fica na Rua Tuias, no bairro Viamar, estava quebrado, o que indica que a residência possa ter sido arrombada. Entre brigadianos, circula a informação de que o sargento foi morto por uma represália a atividade dele enquanto policial, mas a investigação não confirma esta hipótese.

GAÚCHA