Treze presos quebram porta e tentam fugir de delegacia em Canoas

394

Grupo foi contido à força pela Brigada Militar

Por: Vitor Rosa ZH

Um grupo de treze presos tentou fugir da Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) de Canoas, na Região Metropolitana, na madrugada desta terça-feira (27). Os detentos quebraram uma porta metálica na sala de triagem, local improvisado para recebê-los, porque as celas da DPPA estão lotadas. Eles foram contidos à força pela Brigada Militar.

Conforme o diretor regional da Polícia Civil, delegado Cristiano Alvarez, os presos estavam irritados com a impossibilidade de receber familiares na delegacia. Um grupo de parentes estava no pátio e, supostamente, teria tentado levar itens aos detentos, mas foram impedidos. A polícia entende o ocorrido dessa madrugada como algo anormal.

— Foi um episódio excepcional. Estava tudo bem calmo, relativamente tranquilo nos últimos dias — comenta o diretor.

Depois de conter os presos, os brigadianos tiveram que improvisar para conseguir fechar novamente a porta. Um pedaço de madeira foi fixado com uma ponta na tranca e outra em uma parede.

Com superlotação, não é a primeira vez que presos tentam fugir de uma delegacia. Em fevereiro deste ano, quatro presos serraram uma janela e escaparam da unidade. Antes disso, já haviam sido registrados vários tumultos. Houve, ainda, uma limpeza da delegacia que detectou que os presos escondiam celulares a até munição no esgoto.

Policiais tiveram que ser enérgicos para impedir a fuga do grupo | Foto: Ugeirm/Sindicato / Divulgação / CP