Fim de adicionais e parcelamento dos salários pode ser votado hoje

442

ESSAS PECs NÃO PODEM SER APROVADAS

A ABAMF acompanha o trabalho na Assembleia Legislativa do RS. A reunião de líderes, que acontece no final da manhã, deve colocar na pauta de votação as polêmicas PECs 257/16 -oficializa o parcelamento do salário e do 13º – e 258/16 – acaba com os adicionais por tempo de serviço(15% e 25%). O projeto é mais uma ação do governo gaúcho que persegue os servidores públicos.

A ABAMF ESTARÁ NA ASSEMBLEIA. OS BRIGADIANOS DEVEM COMPARECERA O LEGISLATIVO E ENTRAR EM CONTATO COM OS DEPUTADOS PEDINDO QUE VOTEM CONTRA O ATAQUE AOS SERVIDORES PÚBLICOS.

O fim dos adicionais significará a volta do clientelismo para se ter acréscimos no salário. Os adicionais não são favores. São prêmios aos servidores que cumprem com o serviço de maneira exemplar, com dedicação e sem faltas por 15, 25 anos de trabalho.

O fim dos adicionais trará de volta a velha política do puxa- saco. Para ter avanço na remuneração será necessário ser filiado a um partido político para receber uma FG ou CC.

ISSO NÃO É SADIO PARA O SERVIÇO PÚBLICO.

ISSO NÃO QUALIFICA O SERVIÇO NEM OS SERVIDORES.

Paulo Rogério N. da Silva

Jornalista ABAMF