Portal Leouve : Defrec prende novamente envolvido em latrocínio de sargento da BM em Caxias

426
Crime aconteceu há um ano (Foto: Mauro Teixeira)

Agentes da Delegacia Especializada em Furtos, Roubos, Entorpecentes e Capturas (Defrec) de Caxias do Sul, coordenados pelo delegado Adriano Linhares, prenderam novamente nesta terça-feira, dia 23, um dos acusados de participação no latrocínio que vitimou o sargento da Brigada Militar (BM) Edir Hendges Welter, 47 anos. O crime ocorreu na noite do dia 23 de janeiro de 2017.

R.A, de 21 anos, que havia sido preso em uma ação da BM em Nova Pádua no dia 25 de janeiro, dois dias depois do crime, foi capturado em cumprimento de mandado expedido pela 4ª Vara de Execuções Criminais (4ª VEC) de Caxias do Sul. Ele havia entrado em liberdade e, agora, foi conduzido ao Presídio Estadual no Apanhador no dia em que familiares e amigos de Welter prestavam homenagens ao policial na missa de um ano de falecimento.

R.A, à direita, se entregou à polícia (Foto: PC/divulgação)

Outro envolvido no crime que vitimou o sargento, Eder Martim Leite, o Bigola, de 35 anos, o morreu em confronto com a Brigada Militar na Estrada dos Romeiros, em Caxias do Sul. Leite estava foragido desde 2013 e tinha condenações que somavam 46 anos de prisão. Outros dois já foram presos pela participação no latrocínio.

O crime

O sargento Welter morreu após ser atingido por ao menos três tiros na noite do dia 23 de janeiro de 2017, em Caxias do Sul. O crime aconteceu por volta das 23h, na rua Moreira César, quase na esquina com a Avelino Adamatti, no bairro Pio X.

O policial estacionou o veículo que ele estava para ir até uma casa de lanches. Neste momento, foi abordado por dois indivíduos que tentaram cometer um assalto. Na ação, Welter foi atingido por três tiros no tórax.

Ele chegou a receber atendimento, mas não resistiu aos ferimentos.