Brigadiano morre em confronto com assaltantes de banco

787

A ABAMF lamenta informar que o brigadiano, soldado PM, Fabiano Heck Lunkes, 34 anos, servia na cidade de Cerro Largo (7º RPMon-CRPO Missões), foi atingido por um disparo de fuzil, na madrugada de 25 de abril de 2019, enquanto participava do cerco a um matagal no interior de Campina das Missões, Região do Noroeste gaúcho, na busca pelos criminosos que assaltaram o Banco do Brasil em Porto Xavier. O tiro perfurou o colete balístico.

O Brigadiano, que morreu na defesa da sociedade e dos cidadãos de bem completaria 10 anos na Brigada Militar em outubro, ingressou em 2009. Casado deixa viúva e um filho de 4 anos.

Mais um Brigadiano que tombou no cumprimento do dever para que os maus não vençam.

QUE DEUS CONFORTE A FAMÍLIA NESTE MOMENTO TÃO DIFÍCIL. MAIS UM PAI DE FAMÍLIA QUE SAÍ PARA TRABALHAR E É ATACADO FATALMENTE PELA BANDIDAGEM .

Ver imagem no Twitter

Paulo Rogério N. da Silva

Jornalista da ABAMF