ABAMF reivindica suspensão dos empréstimos consignados

220

Em razão do momento difícil e tenso que estão passando todos os trabalhadores, a ABAMF protocolou na Casa Civil, na tarde de 24 de março, a solicitação de suspensão dos descontos de empréstimos consignados, ao governo estadual, pelo período de dois meses. Tais prestações passariam para o final dos contratos.

A ação busca dar tranquilidade aos Militares Estaduais e as famílias para que a receita seja usada na compra de alimentos, remédios e outros itens urgentes, até a volta da normalidade diária.

Abaixo, o documento protocolado pela ABAMF


Paulo Rogério N da Silva

Jornalista da ABAMF