Entidades começam a discutir na ABAMF, ações contra o parcelamento de salários e projetos prejudiciais a categoria.

whatsapp-image-2016-11-10-at-19-45-59Acontece neste momento, na ABAMF POA, reunião das entidades da Segurança Pública para discutir ações contra o parcelamento de salários e projetos prejudiciais a categoria. 

Participam desta reunião as seguintes entidades: ABAMF, ASSTBM, Associação Beneficente Danilo Wolf dos policiais militares de Sapucaia do Sul, AMAPERGS Sindicato, AOFERGS, AESPOM, UGEIRM e Grupo Tingueiros.  A reunião proposta pelo Grupo Tingueiros tem por objetivo discutir a atual situação da Brigada Militar nas questões relativas  a salários atrasados, bem como o enfrentando propostas prejudiciais a categoria, que tramitam nos poderes.

Quando tivermos a deliberação desta reunião, divulgaremos  em nosso site

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *