Entidades iniciam grupos de trabalho para discutir novo plano de carreira

Historicamente o plano de carreira da Brigada Militar foi assunto controverso, onde a maioria dos integrantes da corporação queixa-se por  não atender as expectativas de ascensão profissional, seja por tempo de serviço ou por mérito intelectual. A ASSTBM e ABAMF, entidades que institucionalmente representam os servidores de nível médio da corporação, independente do momento de luta por manutenção de direitos e garantias, historicamente conquistadas, temos consciência de que é necessário iniciar a discussão sobre o assunto.

Como é basilar em nossas entidades, quando ações impactam no futuro de nossa classe, a transparência do que está sendo tratado, viemos a publico trazer a discussão e ouvir opiniões para JUNTOS,  entidades, categoria e Comando da BM, buscar um plano de carreira que atenda em sua grande maioria os anseios dos servidores de nível médio.

Constantemente chegam propostas de alteração na carreira dos militares, as quais estão sendo analisadas pelo grupo de trabalho, para saber quais são as mudanças mais significativas, que devam nortear a construção de um novo plano de carreira.

Para que possamos desenvolver o assunto, elaboramos um questionário  para que todos possam dar sua contribuição neste debate.

1 Comentário

  1. Em relação ao plano de carreira os praças já estão discutindo mas precisamos uma posição do comando geral e do governo.

Deixe uma resposta