Quadrilha explode caixas eletrônicos e provoca terror em Nova Hartz na madrugada

Houve confronto com policiais

Nova Hartz – Uma quadrilha fortemente armada com fuzis e pistolas espalhou o medo em Nova Hartz na madrugada deste domingo (22). Cerca de 16 criminosos teriam participado de uma ação por volta das 3h30, quando explodiram três caixas eletrônicos da agência da Caixa Econômica Federal, localizada na Rua Jacob Pilger, centro da cidade.

De acordo com relatos de populares, os bandidos chegaram em quatro carros: uma Pajero prata, um Corolla branco e um gol branco e outro veículo não identificado. “Ouvi um estouro e fui olhar o que era. Acho que eram mais do que 16 criminosos. Desceram dos carros e começaram a atirar, para amedrontar todo mundo e para ninguém chegar perto. Após, quebraram a porta da agência e explodiram três caixas eletrônicos. Vi eles levando o dinheiro. A ação durou uns 10 minutos”, relatou um morador, que pediu para não ser identificado.

Conforme o major do 32º Batalhão de Polícia Militar, João Ailton Iaruchewski, houve confronto entre Brigada Militar e bandidos. “Felizmente não tivemos nenhum policial militar ferido. Realmente, era uma quadrilha fortemente armada. Assim que tomamos conhecimento do fato, deslocamos de imediato ao local. Lá, fomos recebidos a tiros”, disse o major.

Na fuga, os bandidos ainda atiraram contra pelo menos três carros de populares que transitavam em ruas próximas. Ninguém ficou ferido.

Os criminosos conseguiram fugir e abandonaram a Pajero e o Corolla na Rua Denival Franklin Queiroz, em Parobé, próximo da empresa calçadista Bibi e da RS-239. Eles ainda teriam tentado colocar fogo nos veículos, mas não obtiveram êxito e fugiram a pé. Os outros dois veículos que participaram da ação ainda não foram localizados.

Quadrilha deixou explosivo intacto dentro da agência bancária

O grupo Antibomba da Polícia Federal esteve no local para desarmar um explosivo que foi deixado pelos criminosos dentro da agência bancária.  O artefato foi retirado do banco e explodido em um terreno próximo da agência.

A Polícia não informou ainda qual foi a quantia levada pelos criminosos da agência bancária. Câmeras da própria agência bancária e de comércios próximos podem ajudar nas investigações.

Jornal Repercussão relembra outros ataques à agências bancárias de Nova Hartz

No ano de 2013, em uma ação digna de filme, a Brigada Militar prendeu assaltantes que roubaram a agência do Bradesco em Nova Hartz .

Já em maio de 2015, uma quadrilha especializada no ataque a bancos foi presa na cidade momentos antes de realizar mais um crime .

Em dezembro de 2015, uma ação da Brigada Militar frustrou um ataque ao Banrisul da cidade e prendeu um dos maiores assaltantes de banco do Rio Grande do Sul .

Jornal Repercussão

Deixe uma resposta