Estado enviará três projetos à AL sobre o Corpo de Bombeiros

126

thumb (1)Iniciativas dizem respeito à organização da corporação, ao ingresso e à separação da Brigada Militar

O governo deverá encaminhar até o final da semana à Assembleia Legislativa três projetos de lei complementar que tratam da autonomia do Corpo de Bombeiros. As iniciativas dizem respeito à organização da corporação, ao ingresso e à separação da Brigada Militar. Os Bombeiros passarão a ter legislação própria. Sexta-feira é a data limite para o envio das propostas. O grupo de trabalho criado pelo governo realizará reuniões durante toda quarta-feira. Depois, as iniciativas ainda serão apresentadas aos representantes das associações ligadas aos Bombeiros.

Segundo a secretária de Coordenação de Assessoramento Superior do Governador, Mari Perusso, a atenção é total para finalizar os projetos. “Desde a aprovação da proposta de emenda constitucional, discutimos detalhadamente essas questões, que efetivamente estruturam o Corpo de Bombeiros”, disse, reconhecendo a demora na conclusão diante da complexidade do assunto.

Para o presidente da Associação dos Bombeiros, Ubirajara Ramos, os projetos representam um passo a mais a favor da efetiva autonomia da corporação. Lembrou que a partir de 2015 os Bombeiros contarão com orçamento próprio, sendo que o valor ainda não foi definido. “Temos certeza de que vamos melhorar a prestação do serviço.”

A autonomia do Corpo de Bombeiros foi aprovada na Assembleia Legislativa dia 17 de junho. A desvinculação da BM vinha sendo discutida há décadas. Com a tragédia da boate Kiss, em 2013, o assunto ganhou força. Dados recentes apontam que o Corpo de Bombeiros soma 2.685 agentes, sendo que o ideal estaria estimado em 4.450.

FONTE: CORREIO DO POVO