NOTA CONJUNTA DAS ENTIDADES REPRESENTATIVAS DOS SERVIDORES DE NÍVEL MÉDIO DA BRIGADA MILITAR.

157
Sede estadual
Sede estadual

Hoje pela manhã todos os sindicatos e associações foram chamados pelo Governo, na oportunidade o Secretário da Fazenda afirmou que o Estado está em crise e que não terá condições de pagar os aumentos previstos em lei. Assim, as Entidades divulgaram a seguinte nota à imprensa:

NOTA CONJUNTA DAS ENTIDADES REPRESENTATIVAS DOS SERVIDORES DE NÍVEL MÉDIO DA BRIGADA MILITAR.

Frente aos rumores do não pagamento dos aumentos salariais previstos em lei, por parte do Governo Sartori, a Associação dos Sargentos, Subtenentes e Tenentes da Brigada Militar-ASSTBM, Associação Beneficente Antônio Mendes Filho-ABAMF, Associação dos Bombeiros do Estado do Rio Grande do Sul-ABERGS, Associação dos Oficiais Subalternos da Brigada Militar-AOfSBM e Federação das Associações Independentes-FERPMBM vem a público dizer:

1 – Que não negociarão o adiamento do pagamento dos índices salariais contidos em lei;

2 – A ASSTBM, ABAMF, ABERGS, AOfSBM e FERPMBM convocam desde já todos os servidores de nível médio para iniciarem um processo de mobilização e, sendo necessário vamos repetir e ampliar o movimento de 1997;

3 – Se o Governo Sartori insistir em descumprir a Lei, todos nós estamos autorizados a descumpri-lá, e vamos para a greve;

4 – Chega de pagarmos pela incompetência de governantes, que durante a eleição, pela sede do poder, tem solução para tudo e, após, se mostram verdadeiros traidores;

5 – O governador Sartori assumiu compromisso público durante a campanha pelo cumprimento da lei salarial, portanto não aceitamos nada diferente disto.

Assim, a ASSTBM, ABAMF, ABERGS, AOfSBM e FERPMBM conclamam a todos os servidores a multiplicarem esta nota e juntos vamos mostrar nossa força e que não estamos para brincadeira!

Porto Alegre 27 de abril de 2015

   ASSTBM , ABAMF, ABERGS, AOfSBM e FERPMBM