CORREIO DO POVO: Intocável?

120

dfredConsiderado intocável por contar com a confiança do governador José Ivo Sartori, apesar do descontentamento inclusive de deputados aliados, o secretário da Segurança Pública, Wantuir Jacini, pode não estar mais tão blindado. Pela primeira vez, começam a circular nos bastidores do Palácio Piratini avaliações de que Jacini tem certa dificuldade na comunicação com a imprensa e que seu estilo não está sendo bem compreendido pelos gaúchos.

Estratégia mantida

A orientação interna no governo do Estado é não entrar em queda de braço pública em torno de críticas envolvendo a segurança pública. A determinação se deu após nota divulgada pela Ajuris, na última semana, sustentando que o Executivo não cumpria seu papel constitucional e tentava colocar no Judiciá- rio a responsabilidade sobre a crise na área. A manifestação da Ajuris, por sua vez, foi uma reação a falas anteriores, de integrantes do governo, de que parte dos problemas é gerada por decisões judiciais, que levam à soltura de infratores presos pela Polícia, em muitos casos horas antes. O governo pode não responder publicamente às críticas, mas continuará sustentando a estratégia de dividir o ônus dos problemas na segurança com outros agentes. Em meio ao tensionamento nas relação institucionais, o Palácio Piratini busca ainda alternativas na tentativa de minimizar os desgastes e enfrentar minimamente o cenário, já que não há previsão de curto prazo de aporte necessário para garantir maior efetivo e aparelhamento das polícias.

CORREIO DO POVO