OSCAR BESSI: É hora de ir pra cima deles!

153

12118683_543710269121064_698458070328124392_nPor Oscar Bessi

Policiais e Professores! É hora de descruzar os braços! Não temos mais o direito ao silêncio, estão por destruir nossas carreiras já tão maltratadas ao longo do tempo. O que fazer? Não falo necessariamente em ir para as ruas, trancar o trânsito, gritar palavras de ordem (há quem não goste, embora igualmente indignado, e temos que respeitar). Isso tem sido feito a todo instante e não sensibiliza ninguém – aliás, só irrita os que se prejudicam com isto, e não são os mesmos que inventam estes absurdos contra nós.

Pois não temos lá os nossos deputados, eleitos com o nosso voto, dizendo nos representar? Eles não vieram, há pouco tempo, como fazem a cada quatro anos, com discursos floreados e promessas de nos defender? Pois então? Pra cima deles! Seja qual for o partido. E sem aceitar nenhenhém. Quem gosta de enrolar, que vá fabricar linguiça. O que eles estão fazendo? Quais as costuras? Estão confabulando seus votos na PEC 251 considerando o interesse do povo, dos funcionários públicos de carreira ou dos seus possíveis alinhamentos partidários visando a próxima eleição? Que convenhamos: sujeito que vota contra o povo porque “obedeceu” a orientação da sigla não nos serve. É mercenário!

É hora de se unir, todas as corporações, sem distinção de classes e interesses pequenos, sem essa de nível superior ou nível médio, mas como fomos um dia: corporação única! Ou nessa divisão, que fragiliza e desune, todos sairão exterminados. Há muito que se repetem governos cujo único objetivo é nos diminuir, desmantelar, destruir, ao mesmo tempo em que inventam novos privilégios para uns e outros. E não inventam? Uma pesquisa rápida nos mostra quantos privilégios foram criados para quem nem precisa.

Segurança Pública e Educação são sempre o alvo. Por quê? Qual o interesse está sendo defendido, aí, se o povo, cada vez mais vítima, implora por segurança? Clama por um futuro de esperança e perspectiva completa aos seus filhos? Se todos pedem uma sociedade que não tenha que escolher entre ser escrava ou se render ao crime e à violência? Quem está lucrando com esse desmonte? Pois me desculpem, mas alguém está ganhando com isto. É certo.

Levantem a voz, professores e policiais, pois são suas vidas, suas famílias e as vidas e famílias de todo o nosso povo que eles querem destruir! Vamos sair da inércia, que é deles e adorada por eles, e vamos fazer algo – mas não contra o povo, por favor, este já sofre demais – contra quem faz isto! Chega! Basta de ameaça, esmola, guerra de nervos! Quem vai lidar com a população desse jeito, e armado? Quem vai dar aula neste estado de tensão, nessas quebradas escolas públicas? Quero agradecer àAbamf Bmrs, não só pelas centenas de compartilhamentos em rede social do texto de quarta, mas por sempre publicar em sua página as minhas colunas no Correio do Povo que levantam a bandeira da Segurança Pública. Obrigado pelo espaço, caros colegas. Sua amplitude dá eco às vozes que queremos tornar fortes.

CORREIO DO POVO