Policiamento Comunitário em Pelotas prendeu 381 pessoas em um ano

105
Dados foram divulgados pela Brigada Militar à Prefeitura de Pelotas Foto: Prefeitura de Pelotas /Divulgação
Dados foram divulgados pela Brigada Militar à Prefeitura de Pelotas
Foto: Prefeitura de Pelotas /Divulgação

O serviço conta com 44 brigadianos em onze núcleos entre os bairros

Em um ano, o Policiamento Comunitário de Pelotas atendeu mais de quatro mil ocorrências e prendeu 381 pessoas, entre foragidos, procurados e prisões em geral. Os dados foram divulgados pela Brigada Militar à Prefeitura. Entre março de 2015 e março de 2016, foram 47 apreensões por porte e posse ilegal de armas, 112 apreensões por tráfico de drogas, mais de 2,6 mil visitas em escolas e estabelecimentos comerciais e 17 ações sociais, como a arrecadação de 1,5 tonelada de alimentos aos moradores atingidos pelas chuvas na Praia do Laranjal.

O serviço prestado há dois anos conta com 44 policiais militares e é dividido emonze núcleos entre os bairros de Pelotas. Em contrapartida, a Prefeitura oferece uma bolsa-auxílio de R$ 600,00 a cada policial.

GAÚCHA