Quartéis de bombeiros voltam a fechar nos bairros em Caxias

122
Quartel do Desvio Rizzo estava fechado na tarde desta quinta-feira Foto: André Fiedler /Gaúcha Serra
Quartel do Desvio Rizzo estava fechado na tarde desta quinta-feira
Foto: André Fiedler /Gaúcha Serra

Conforme comando, medida é consequência de esforço para manter quartéis abertos em outras cidades da Serra

Os quartéis dos bombeiros dos bairros de Caxias do Sul estão fechados nesta quinta-feira (7). Funcionam apenas o quartel central e a unidade do Aeroporto Hugo Cantergiani. Estão fechadas as unidades da Zona Norte, Desvio Rizzo e Cruzeiro.

Segundo o comandante do 5º Comando Regional de Bombeiros (CRB), o tenente-coronel Cleber Valinodo Pereira, a medida é reflexo de um esforço para manter o funcionamento dos quartéis nas cidades que possuem apenas uma unidade, como Flores da Cunha, Vacaria e Veranópolis. Para que o atendimento às ocorrências seja adequado do ponto de vista técnico, são necessários pelo menos quatro bombeiros, explica o tenente-coronel.

Além disso, há uma limitação de horas extras que, em alguns casos, já vinha provocando o fechamento de unidades antes do fim do mês. O comandante afirma que os oficiais da região estão reunidos e, até a sexta-feira (8), os bombeiros terão uma posição oficial sobre o funcionamento dos quartéis dos bairros para o mês de abril. As unidades poderão abrir em determinados horários, por exemplo, de acordo com a incidência de ocorrências na região e a disponibilidade de horas extras.

O tenente-coronel explicou, em entrevista ao Gaúcha Repórter da Gaúcha Serra, que o planejamento precisa ser feito sempre no início de cada mês, e não pode ser realizado para um período maior, já que a quota de horas extras disponível para o CRB é repassada mensalmente pelo Comando dos Bombeiros, e pode mudar de um mês para o outro. Com isso, o fechamento das unidades dos bairros poderá sempre voltar a ocorrer no início de cada mês.

GAÚCHA SERRA