ZERO HORA: A CONTA DOS REAJUSTES

146

17549516Nas discussões internas no Piratini, venceu a tese de que seria inviável politicamente renegociar os aumentos concedidos de maneira parcelada aos servidores da segurança pública, ainda em 2014. As dificuldades do governo para honrar os compromissos foram grandes no ano passado, e devem se repetir em 2016.

Em janeiro, começou a ser pago o reajuste dos delegados de polícia, entre 14,23% e 21,8%. Os demais policiais civis, os brigadianos e os servidores da Susepe receberão duas parcelas, em maio e novembro. O custo dos aumentos será de R$ 883,9 milhões até o fim do ano.

ZERO HORA