“Caveirão” gaúcho será apresentado nesta quarta-feira em Porto Alegre

169
Agentes do Grupo Tático Especial participaram da apresentação Foto: Félix Zucco / Agencia RBS
Agentes do Grupo Tático Especial participaram da apresentação
Foto: Félix Zucco / Agencia RBS

Veículo blindado foi apresentado na manhã desta quarta-feira, na sede do Deic

Por: Renato Dornelles ZERO HORA

 Com capacidade de suportar tiros de fuzis calibres 7.62 e 5.56, o veículo blindado que ficará à disposição do Grupo Tático Especial da Polícia Civil gaúcho foi apresentado na manhã desta quarta-feira, durante cerimônia que marcou sua entrega pela empresa que fez a doação, na sede do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), em Porto Alegre.

Apesar das semelhanças, o blindado gaúcho não será utilizado como os chamados “Caveirões” do Bope, no Rio de Janeiro, que servem à Polícia Militar em incursões nas áreas deflagradas pelo tráfico de drogas.

No Rio Grande do Sul, o veículo será utilizado em operações especiais da Polícia Civil.

— Será bastante útil na proteção dos agentes em situações de grande risco, como o resgate de vítimas em cativeiros, cumprimentos de mandados judiciais de risco e escoltas de risco — explicou o delegado Joel Wagner, da Delegacia de Roubos do Deic.

O veículo foi doado pela empresa de transportes de valores Prosegur. Participaram da cerimônia o chefe de polícia, Emerson Wendt, o diretor do Deic, Rodrigo Bozzeto, o diretor de investigações do Deic, Sander Cajal, e os delegados de Roubos Joel Wagner e João Paulo Abreu, além de diretores da Prosegur.

Características do veículo

— Blindagem capaz de suportar tiros de fuzis calibres 7.62 e 5.56

— Capacidade para oito policiais, incluindo o motorista

– Velocidade máxima em torno de 80km/h

— Oito seteiras pelas quais os policiais poderão efetuar disparos

— Para-choque especial para derrubar barreiras ou outros tipos de obstáculos