Veículos de luxo da Polícia Militar do DF começam a ser testados

212

O processo de renovação da frota foi contestado por agentes de segurança pública, porque os veículos modelo Corolla XEI, Hilux e Etios têm preços mais caros do que os de mercado

Uma amostra dos novos veículos da Polícia Militar ficou pronta para ser aprovada pela corporação. Os 290 carros, todos da Toyota, ganharão as ruas em abril. Fotos do protótipo do automóvel modelo Corolla XEI começaram a circular em grupos de redes sociais na tarde desta quarta-feira (1º/3). No entanto, o processo de renovação da frota foi contestado por agentes de segurança pública, pois os veículos Corolla XEI, Hilux e Etios adquiridos pela PM ficaram mais caros do que os preços de mercado.
Os carros são luxuosos e de última linha. A licitação foi feita pelo Departamento de Logística e Finanças (DLF) da PM. O custo da operação é de R$ 26.103.823. A compra foi feita por meio de pregão eletrônico. A corporação comprou 192 Corollas Xei ao custo unitário de R$ 100.300; 16 Hilux Cabine dupla, por R$ 134.854 cada; 37 Etios Sedan, por R$ 58.380; 27 Etios Hatch 1.3, por R$ 54.505; e 18 Etios 1.5, por R$ 58.718,70.
Segundo o chefe do DLF, coronel Francisco Feitosa, uma comissão nomeada pelo departamento viajou a São Paulo para fazer a visita técnica na fábrica da Toyota onde os veículos foram fabricados. “Começamos a fazer a entrega no fim de março, início de abril. As viaturas já chegam para serem operacionalizadas. Agora, vamos esperar a comissão voltar para relatar”, explicou.
Em dezembro, a Polícia Militar informou que a aquisição dos veículos atendeu a todas as exigências da lei de licitações, inclusive com auditoria do Tribunal de Contas do DF. Sobre os carros de luxo, a corporação alegou que o processo levou em consideração vários critérios para a especificação do automóvel, entre os quais, segurança do policial militar e melhor desempenho para a atividade de policiamento.
A PM ainda justificou o preço dos veículos. Informou que o valor final inclui “todos os itens indispensáveis para o serviço militar”, como identificação visual, sirenes, luzes de emergência e um moderno sistema de comunicação.