Criminoso morre e PM fica ferido após tiroteio na zona Leste da Capital

278
Um policial teve ferimentos leves por causa de acidente. Foto: Brigada Militar/Divulgação

Brigadiano teve corte no supercílio após bater a cabeça contra para-brisa da viatura após colisão com carro da quadrilha

Um criminoso morreu e um policial militar ficou ferido após um tiroteio por volta do meio-dia desta quarta-feira (5), em Porto Alegre. O confronto ocorreu entre brigadianos em uma viatura do policiamento ostensivo da Brigada Militar e cinco bandidos na avenida Protásio Alves, na zona Leste da Capital.

Segundo informações da Brigada Militar, os policiais desconfiaram dos ocupantes de uma caminhonete EcoSport prata. Quando se aproximaram, os criminosos abriram fogo contra os agentes da Patres (Patrulhas Especiais) do BOE (Batalhão de Operações Especiais).

Na Protásio, logo após a esquina com a avenida Germano Schmarczek, o quinteto bateu o veículo, que era roubado. A viatura policial que vinha atrás não conseguiu parar a tempo e também colidiu.

Houve confronto em frente de uma escolinha infantil e um dos criminosos morreu. Ele ainda não foi identificado, mas estava com as mãos algemadas. Segundo informações preliminares, o homem morto havia sido resgatado por comparsas do Fórum do Alto Petrópolis momentos antes de cruzar com a viatura da polícia.

Três criminosos foram presos em flagrante. São um homem, que está sob custódia no HPS (Hospital de Pronto Socorro) e duas adolescentes. Um quinto ocupante do carro conseguiu fugir da polícia após o tiroteio, se escondendo em um mato. Buscas são realizadas para prendê-lo.

Um dos policiais que participavam da perseguição se feriu na colisão da viatura com o carro dos bandidos. Ele teve uma lesão leve no supercílio após bater a cabeça contra o para-brisa do carro.

Protásio bloqueada

A Protásio Alves foi bloqueada para o atendimento da ocorrência nas proximidades da avenida Germano Schmarczek e da Manoel Elias, no sentido centro/bairro. A EPTC (Empresa Pública de Transporte e Circulação) está desviando os carros por dentro do bairro, pela Espir Rivaldo e pela Reverendo Daniel Betts. No bairro/centro há uma faixa bloqueada.

A viatura acidentada deve ser periciada ainda no local e ainda haverá todo o trabalho de levantamento da cena do tiroteio. Não há previsão de quando as pistas serão liberadas ao tráfego.

por Plantão RS